Dor muscular: o que é, o que causa e como se livrar dela

Escrito por: Marlee B

Às vezes, um pouco de dor muscular pode ser agradável. Para alguns indivíduos, os músculos doloridos são uma "recompensa" após um treino, indicando que você trabalhou duro e atingiu um novo nível de capacidade atlética ou força.

Mas quando a dor fica forte, pode se tornar uma dor no glúteo máximo!

Todos nós provavelmente já experimentamos dores musculares uma vez ou outra, mas o que é dor muscular exatamente? Você pode continuar seus treinos mesmo quando seus músculos estão tensos? Você deve sentir dor após cada treino? E o que significa se você não está dolorido?

Essas são perguntas comuns, e vou respondê-las hoje!

O que é dor muscular?

Dor muscular é simplesmente uma das consequências do exercício vigoroso. Isso pode acontecer após levantamento de peso pesado, um dia na pista de velocidade ou o escalador de escadas na academia. É uma dor característica de microrrupturas nos músculos após um exercício novo ou desconhecido, que geralmente atinge o pico um ou dois dias após o treino.

Por causa desse atraso, é mais conhecido como DOMS (dor muscular de início tardio).

A ciência médica não pode explicar totalmente a causa, mas geralmente é descrita como a consequência da tensão mecânica, o que significa simplesmente um bom levantamento à moda antiga. A tensão mecânica é a força de tração por meio de um cabo, faixa, corrente e assim por diante, e você pode pensar que quanto mais pesado você levanta, mais tensão mecânica.

Isso é verdade até certo ponto, mas é melhor gerar sua força muscular máxima possível por meio de uma amplitude completa de movimento durante um exercício.

Embora geralmente inofensiva, dores musculares leves a moderadas são mais incômodas e irritantes do que ameaçadoras. Pode fazer com que tudo, desde descer as escadas até colocar sua camisa ou secar o cabelo com o secador, pareça insuportável. Também é completamente normal e nada para se alarmar.

Como se livrar dos músculos doloridos

Todas as pessoas correm o risco de ter DOMS, mesmo atletas e fisiculturistas extremamente bem treinados. A boa notícia é que, à medida que os músculos se familiarizam com um estresse específico, eles se adaptam rapidamente.

A DOMS também pode ser aliviada, e aqui estão 5 maneiras eficazes de aliviar e até mesmo prevenir a dor pós-treino:

1. Faça exercícios suaves

Parece contra-intuitivo, mas ao contrário da crença popular, quanto mais você se move, mais rápido o desconforto vai embora! Sugiro uma caminhada tranquila em vez de escalar uma montanha, ioga suave em vez de pliometria ou agachamento com peso corporal em vez de carregar uma barra.

Considere isso uma forma de "descanso ativo" e qualquer que seja essa forma seja, não fique tentado a pular porque, depois de se acostumar com o exercício, você vai vencer a dor.

2. Rolamento de espuma

Como uma forma de massagem, o rolamento de espuma pode dar aquela sensação de "dói muito". Em termos extravagantes, é uma liberação auto-miofascial ou automassagem para ajudar a liberar a tensão muscular ou pontos de gatilho, também conhecidos como "nós". Um método usado por atletas profissionais, treinadores, terapeutas e pessoas em todos os níveis de condicionamento físico, aplicando pressão em articulações específicas do seu corpo, auxilia na recuperação dos músculos e auxilia no retorno à função normal.

A função normal significa que seus músculos são elásticos, saudáveis ​​e têm movimentos sem dor. Liberar pontos de gatilho também ajudará a restabelecer os padrões de movimento adequados para melhorar o desempenho. O rolamento de espuma pode ser realizado usando um rolo de espuma, uma bola de lacrosse ou mesmo suas próprias mãos, mas conforme você rola e trabalha os músculos tensos / doloridos, você sentirá desconforto ou dor. Deve ser desconfortável, mas não insuportável.

Quando terminar, você deve se sentir melhor porque a compressão profunda ajuda a quebrar os nós musculares, retomando o fluxo sanguíneo normal e a função. É sempre recomendável, entretanto, consultar seu fisioterapeuta ou médico antes de iniciar a liberação miofascial auto. A maioria das pessoas é liberada imediatamente e a prática é incentivada, mas é melhor prevenir do que remediar!

3. Banhos de sal de Epsom

O sal de Epsom é um remédio de venda livre popular para dores musculares e outras dores corporais. Quer você use uma compressa de sal Epsom ou um banho de imersão, o magnésio (um componente principal do sal de Epsom) é um mineral que ajuda a relaxar os músculos esqueléticos, eliminando o acúmulo de ácido láctico nos músculos após um treino vigoroso.

O magnésio também ajuda o corpo a absorver vitaminas para regular a função nervosa. Além disso, o sal de Epsom demonstrou reduzir o inchaço, aliviar o estresse, melhorar a circulação, suavizar a pele e melhorar o humor. Apenas um banho de sal Epsom por semana pode ter um impacto incrível na sua saúde e bem-estar emocional e é super fácil também!

Basta pegar seu patinho de borracha favorito, encher sua banheira com água morna, adicionar duas a quatro xícaras de sal Epsom e permitir que sua mente e músculos relaxem.

4. Beba H20 Extra

Apesar do que as empresas de bebidas fazem você acreditar, a água é a melhor escolha para quem faz exercícios.

A água elimina as toxinas do corpo e evita a desidratação, que pode tornar a dor muscular ainda mais dolorosa. Embora a hidratação seja importante antes e durante o treino, beber algo em torno de 16 onças de água para cada quilo perdido após o exercício é um bom ponto de partida.

Fazer isso ajudará a prevenir cãibras e diminuir a dor muscular.

5. Coma bem e coma o suficiente

Depois de hidratado adequadamente, você pode começar sua rotina de alongamento enquanto ingere o lanche pós-treino (e para receitas, clique aqui!).

Muitas pessoas podem rejeitar a recuperação porque é algo muito complicado ou algo para o qual não têm tempo, mas uma forma eficaz de acelerar a recuperação muscular é com alimentos. Existem dois grandes motivos para isso.

Em segundo lugar, os carboidratos são importantes para a energia, além de manter seus músculos saudáveis ​​antes e depois sendo ativo. Como a principal fonte de combustível do seu corpo, os carboidratos ajudam a produzir insulina, impulsionar a construção muscular e reduzir a dor pós-treino. Grãos integrais e carboidratos com baixo teor de gordura, como pão de trigo integral e massas, arroz integral, nozes e vegetais crus são seus melhores amigos após os treinos de resistência, porque você será capaz de digeri-los mais rápido ao mesmo tempo que diminui a dor muscular.

Comentários (4)

*Estes comentários foram gerados por este site.

  • Viviane P Velho
    Viviane P Velho

    Produto de boa qualidade.

  • Emmy X. Brand
    Emmy X. Brand

    Muito bom. Recomendo.

  • aimara boss
    aimara boss

    Depois que experimentei não consigo usar outro. Perfeito!

  • lisa q stock
    lisa q stock

    Atendeu minhas expectativas.

Deixe o seu comentário

Ótimo! Agradecemos você por dedicar parte do seu tempo para nos deixar um comentário.